O papel do consultor de campo

O consultor de campo, que também pode ser chamado de supervisor de lojas, supervisor de franquias, supervisor de campo, consultor de negócios, consultor comercial, gerente de negócios, gerente de contas, possui o papel fundamental de ser o elo entre o franqueador e o franqueado.

Segundo o site Administradores.com, ao mesmo tempo que esse profissional leva as ideias e os objetivos do franqueador para que possa supervisionar, avaliar, orientar e motivar seu grupo de franqueados, ele também é um ouvidor de seus franqueados e retorna ao franqueador o que pode ser melhorado, os anseios e percepções da rede, fazendo com que as metas do negócio sejam alcançadas em menor tempo.

De fato, as funções do consultor de campo dependem muitos os objetivos do negócio e das características da rede. Mas podemos definir a sua atuação baseada nas seguintes tarefas: verificação de conformidade nas lojas de acordo com o padrão estabelecido pela rede; criação de um plano de ação para corrigir os problemas verificados; identificação das necessidades da franquia que podem ser identificadas no momento da visita ou por meio de uma conversa com o franqueado; avaliação periódica das lojas; equilíbrio do relacionamento entre franquia e franqueadora; antecipação dos problemas; redução de conflitos; reforço da padronização da rede; suporte à gestão e capacitação e treinamento para as equipes.

Com isso, podemos concluir que esse profissional deve ter a capacidade de analisar não só aspectos financeiros, como conhecer todos os processos envolvidos na rede, além das demandas do financeiro, do setor de operações, de atendimento, de gestão pessoal e de marketing. Importante ressaltar que, devido às diversas demandas que surgem a todo momento na rede, o consultor deve se manter atualizado e em constante treinamento para que ele saiba como orientar o franqueado.

Blogpost SULTS - Consultor de campo

3 papeis fundamentais do consultor de campo

Já falamos um pouquinho sobre as principais atividades de um consultor de campo. Mas gostaríamos de ressaltar 3 papeis desse profissional que são essenciais à consultoria de campo e também ao acompanhamento da rede como um todo:

  1. Estar aberto ao diálogo

O consultor de campo será responsável por avaliar o volume de vendas da unidade, as normas de segurança e todos os demais padrões de uma rede de franchising, mas não podemos nos esquecer de que ele também é responsável por ajudar o franqueado a atingir os objetivos predeterminados. Nesse sentido, esse profissional precisar estar aberto e sempre disponível para ouvir as necessidades da unidade e também responder ou, pelo menos, mediar as dúvidas que surgirem. Esse compartilhamento de informações é fundamental para um relacionamento saudável entre unidade e franqueadora e, consequentemente, para o bom desempenho de toda a rede.

  1. Aplicação de checklist e outros métodos de análise

As visitas dos consultores de campo costumam seguir um roteiro pré-definido que mostram ao franqueado que os itens avaliados em sua unidade serão também objeto de análise em todas as outras unidades da rede. Seguir esse checklist (lista de verificação), manter uma rotina de atendimento e apresentar soluções para os problemas verificados serão fundamentais para que ele perceba que a atuação do consultor vai muito além da supervisão.

Todo franqueado sabe, desde sua entrada na rede, que essas visitas ocorrerão. Mas é necessário que ele perceba, desde o início, que o consultor de campo não está ali somente para dar notificações e penalizá-lo por descumprir alguma cláusula ou não seguir uma determinação. Ele será também responsável pela solução de muitos problemas enfrentados pelo franqueado no dia a dia de sua operação ou pelo menos pelo seu encaminhamento junto ao franqueador.

Nós falamos que saber ouvir e conversar com o franqueado é importante. Mas isso não significa que a consultoria deva prescindir do uso de dados e números. No entanto, é preciso coletar essas informações de maneira qualificada e de preferência por meio de uma ferramenta que facilite a geração de relatórios de análise, como o checklist online.

  1. Consolidando a parceria entre franqueadora e franquia

Já vimos que o consultor de campo é uma peça muito importante na manutenção do elo entre o franqueador e o franqueado. Ele e toda a sua capacidade de análise e o seu senso crítico aumentarão o vínculo entre os componentes da rede. É importante ter em mente que quando o franqueado compra uma franquia, seu desejo é seguir um modelo de sucesso. Se a franquia mantiver boas práticas no relacionamento com a rede, com consultores de campo competentes e dedicados à solução dos problemas, a tendência será o franqueado ver a atuação do consultor como algo que agrega valor à sua gestão.

No post de hoje, vimos quais são algumas das funções do consultor de campo e, sobretudo, os 3 papeis fundamentais desse profissional. Vimos também que ele é peça-chave do bom relacionamento entre as unidades e a rede franqueadora e que uma das ferramentas mais eficientes para a estruturação e documentação dos dados obtidos no momento da consultoria até a geração de relatórios analíticos é o checklist online.

Gostou do nosso conteúdo? Leia mais sobre as funcionalidades da lista de verificação e experimente o Checklist doSULTS.

Assista aos nossos cases de sucesso e solicite uma demonstração gratuita da nossa ferramenta.

0 CommentsClose Comments

Leave a comment