Afinal de contas, o que é Análise SWOT e quais são os principais objetivos?

Você já ouviu falar em Análise SWOT?

Trata-se de uma das mais conhecidas ferramentas de planejamento estratégico. Philip Kotler, considerado por muitos o “pai do marketing”, define o termo como:

“A avaliação global das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças é denominada análise SWOT (dos termos em inglês strengths, weaknesses, opportunities, threats).”

Mas, traduzido em língua portuguesa do Brasil, o termo para designar essa mesma estratégia é outro – FOFA – que significa Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças.

A Análise SWOT foi desenvolvida na década de 1960 por Albert Humphrey que, na Universidade de Stanford, liderou um projeto de pesquisa no qual analisou e cruzou sistematicamente os dados das 500 maiores corporações relatadas pela revista Fortune da época.

Para isso, Humphrey utilizou um método que, rapidamente, se transformou em um exercício utilizado por todas as principais empresas do mundo na formulação de suas estratégias empresariais.

A Análise SWOT é um sistema simples de análise. Ela visa posicionar ou verificar a posição estratégica de uma determinada empresa em seu ramo de atuação.

E, devido a sua simplicidade metodológica, pode ser utilizada para fazer qualquer tipo de análise de ambiente interno e externo, desde a criação de um site à gestão de uma multinacional.

Análise SWOT nos ambientes internos e externos da empresa

Ambiente interno

Sabemos que o ambiente interno é formado por um conjunto de departamentos – recursos humanos, financeiro, marketing, entre outros.

Com isso, é possível identificar os pontos fortes e os pontos fracos de todos os processos envolvidos no dia a dia corporativo.

A metodologia SWOT, internamente, ajuda a otimizar procedimentos e, consequentemente, a administrar, de forma estratégica, todos os projetos do negócio.

Ambiente externo

Já no ambiente externo, existem outros fatores que excedem os limites da organização. A análise nessa perspectiva é dividida em fatores macro ambientais (questões políticas, demográficas, tecnológicas, econômicas etc.) e fatores micro ambientais (fornecedores, parceiros, consumidores etc.) que também devem ser acompanhados e considerados no momento do planejamento estratégico.

Alguns dos objetivos da Análise SWOT

Alguns dos objetivos da aplicação da metodologia SWOT, segundo o blog HEFLO, são:

  • Efetuar uma síntese das análises externas e internas.
  • Identificar itens chave para a gestão da organização, o que implica estabelecer prioridades de atuação.
  • Preparar opções estratégicas: riscos e problemas a resolver.
  • É através da análise que conseguimos o diagnóstico da empresa: fortalecimento dos pontos positivos, indicação de quais pontos devem melhorar, chances de crescimento, aumentando das oportunidades etc.
  • Realizar previsão de vendas em conformidade com as condições de mercado e capacidades da empresa no geral.
  • Ambiente interno (Forças e Fraquezas) – integração e padronização dos processos, eliminação de redundância e foco na atividade principal.
  • Ambiente externo (Oportunidades e Ameaças) – fiabilidade e confiança nos dados, informação imediata de apoio à gestão e decisão estratégica e redução de erros.

E aí, está pronto(a) para aplicar a análise SWOT na sua empresa?

Para te ajudar nessa jornada, preparamos um brinde para você. Clique aqui e faça o download de um modelo da tabela SWOT prontinho para que você utilize na sua empresa. Combinado?!

Aproveite a sua visita em nosso blog para ficar por dentro do Business Intelligence.

Até a próxima!

0 CommentsClose Comments

Leave a comment